Retrato de herói. Eduardo, o rapaz cujo pai já não voltou para casa, para que nos pudéssemos voltar

2007, o ano em que o Eduardo dos Reis nasceu, foi um ano trágico na Europa, com mais de 500 mortos devido à onda de calor que abrasou o continente. Em Portugal, os incêndios ameaçavam comunidades humanas e ecossistemas.

Zé Abreu, o pai do Edu era piloto de helicóptero. Em criança, sonhava voar e ajudar os outros. Também sonhava criar obras incríveis, escrever livros fantásticos e ter uma família. Quando cresceu, fez tudo isso. Foi também escritor, produtor e realizador de televisão. E tinha uma família. A Celine, a esposa dele e o Edu, o mais que tudo deles os dois.

O Edu tinha 8 meses e meio naquele dia de 10 de Novembro de 2007. O pai foi combater os incêndios no norte de Portugal, em Melgaço. O Edu, como um bebé bem comportado que era, estava a fazer uma soneca. À frente do prédio estacionaram uns veículos oficias, com dois senhores de fato. E a campainha tocou. Algo de muito errado tinha acontecido com o helicóptero em que o pai voava e junto com este, o mundo do Edu e da mãe dele desmoronou-se.

Passaram 10 anos, entretanto. O Edu tornou-se um menino corajoso, tal como o pai. Este ano foi visitar com a mãe a sede dos Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro – GNR, no Município de Arcos de Valdevez, onde o comandante José Abreu, voou pela ultima vez.

A família GIPS vestiu o Eduardo com o uniforme de combate aos incêndios e convidaram-no sentar ao comando de um helicóptero igual à aquele que o pai pilotava. E não teve medo. Só saudades. E muitas perguntas. Era demasiado pequeno quando o pai já não voltou para casa. Pode lembra-lo só através das memórias dos outros. De todos os que ele inspirou a continuar a missão dele, ajudando o próximo, replantando as florestas, viver uma vida com mais significado. Todos estes são agora a família do Edu e é assim que ele sabe que a família é para sempre, até quando os heróis já não voltam para casa, mas ajudam-nos a encontrar o nosso caminho e voltar.

Se quiser fazer parte da família do Edu, ajude alguém que o pai dele se sacrificou para ajudar! Plante uma árvore, que o pai dele se sacrificou para salvar! E ame a vida e o mundo, como o pai dele soube amar!

Zé e Edu

Na sua pagina de Facebook, Celine, a mãe do Eduardo, partilha esta mensagem, no dia 10 de Novembro:

« Aqui uma bela homenagem que não podia deixar de partilhar. Sim há 10 anos estava muito calor nesta altura, sim haviam incêndios no norte do país…infelizmente ESQUECEMOS e morrem cada vez mais inocentes…

O Marinho decide filmar o realizador José Abreu durante as gravações do documentário sobre José de Guimarães em 2007.

10 Anos depois, recebo esta pérola…nessa altura ainda não tínhamos por habito filmar ou tirar fotos a tudo com os telemóveis… Concordo contigo Marinho quando me dizias: „foi o universo que quis que filmasse só o Zé, para um dia entregar estas imagens ao EDU”. Alias, são as únicas imagens que temos do Zé.

A todos que sentem saudades, este vídeo é para vocês. Vou te estar eternamente grata Marinho… E Frade…também já sabes… Obrigada por continuar a aventura!

Beijo a todos. Um 10 de Novembro feliz para todos!»

Portugal chegou a ser o pais europeu mais afetado pelos incêndios, com 200 vitimas  mortais na ultima década, dos quais 53 operacionais combatentes.  Mais de metade de pais ardeu desde 1970, devido as alterações climáticas, desertificação do interior do pais e êxodo rural. Ajudem na reflorestação!

Este artigo é também uma homenagem por parte da comunidade romena em Portugal, a todos os bombeiros portugueses que se sacrificaram por este pais, que agora é a nossa casa também. Obrigado, heróis! 

http://www.fireart.com/v/vspfiles/photos/FA-EA-2.jpg
http://www.fireart.com/v/vspfiles/photos/FA-EA-2.jpg

Fonte estatísticas: Diário Nacional  https://www.dn.pt/lusa/interior/cronologia-pelo-menos-200-mortos-desde-2000-em-incendios-2017-e-o-pior-ano-8848644.html

https://www.dn.pt/sociedade/interior/balanco-de-dez-anos-de-combate-a-incendios-e-francamente-negativo-5329022.html

Anunțuri

Lasă un răspuns

Completează mai jos detaliile tale sau dă clic pe un icon pentru a te autentifica:

Logo WordPress.com

Comentezi folosind contul tău WordPress.com. Dezautentificare / Schimbă )

Poză Twitter

Comentezi folosind contul tău Twitter. Dezautentificare / Schimbă )

Fotografie Facebook

Comentezi folosind contul tău Facebook. Dezautentificare / Schimbă )

Fotografie Google+

Comentezi folosind contul tău Google+. Dezautentificare / Schimbă )

Conectare la %s